segunda-feira, 11 de maio de 2009

Os porquês

- Mamã onde bamos?
- Ao centro comercial
- Puquê?
- Porque vamos comprar uma prenda para o Fred
- Puquê?
- Porque ele faz anos
- Puquê?
- Vamos à festa dele
- Puquê?
- Porque ele convidou, não queres ir brincar com os meninos?
- Xim, mas puquê vamos à festa?
- Para lhe dar os parabéns...

(E eu pensava que ficava por aqui, mas passados dez minutos recomeça tudo de novo...)

- Mamã onde bamos?...

Estamos na fase dos porquês, agora ele é porquê por tudo e por nada.
Esta fase não era um bocado mais tarde?

A vontade que dá é responder 'Porque sim', mas isso eu jurei a mim mesma que nunca ia fazer, pois detestava que me respondessem assim... não sei é se vou conseguir ;-)

2 comentários:

cbig disse...

Prepara-te! :-) Mas elas sabem bem o que estão a fazer. Este fds, conversa da minha sobrinha à janela: Tia, onde tá a camineta? Os srs. guardaram. E guardaram poquê? Porque está a chover. E guardaram onde? Naquele portão preto. Repetimos este diálogo algumas 6 vezes. À 7ª eu já estava um bocado farta. E quando ela me perguntou onde é que eles guardaram a camioneta, eu respondi que não sabia. E ela vira-se para mim e diz: guardaram naquele potão peto! Estava ou não a gozar com a tia? :-)

Veruska disse...

Fartei-me de rir com a tua história, pois estou-me a imaginar a fazer a mesma coisa :-) :-) :-)

E sim, a tua sobrinha estava definitivamente a gozar com a tua cara. Eu também penso que a maioria das vezes a Rita está a gozer com a minha, por isso não te preocupes... É a vida :-)