terça-feira, 31 de agosto de 2010

Três semanas atribuladas

Quem é que diz que férias é quando não estamos a trabalhar?
É um engano, eu cá actualmente estou mais de férias quando trabalho do que quando estou com dois 'santinhos' que juntos só pensam em fazer asneiras.

E o 'santinho' mais novo ainda é pior, pois tem o exemplo da mana e faz tudo o que ela faz, tudo o que é errado, veja-se bem :-)

Fomos para Lagos passar quase 15 dias e houve muitas birras (da menina Rita), muita praia e muita piscina. O Ricardo não nos deu um minuto de descanso, pois queria andar sempre atrás do Fred e da Rita, fazer tudo o que eles faziam, atirar-se para a piscina, subir e descer os degraus, pendurar-se nuns ferros da piscina, comer areia e água na praia, fugir de nós e correr para a água (ia-se afogando e tudo), etc, etc, etc...

A Rita com os ciumes, ou porque não estava habituada a passar tanto tempo com o irmão, fez birras todos os dias... mas birras daquelas que quando vêmos nos outros pais pensamos, coitados têm uns filhos tão mal educados, não os sabem educar é o que é... Pois é, temos sempre que pagar pela lingua :-)
A maior vergonha foi mesmo no almoço em Évora que até para a rua tive de ir com ela, com algumas pessoas a meterem-se com ela, pois ela não parava de berrar, só porque queria um gelado e como ela se portou mal eu não lho dei.

Mas também houve coisas boas, portaram-se bem no Zoo de Lagos, e no Zoomarine. Adoraram ver os animais, andar na roda gigante e no comboio. Gostavam de fazer castelos na areia, bolos e piscinas.

Ainda fomos a Monforte (desta vez e passados 6 anos com crianças) e gostei muito de recordar os sitios por onde andei quando era livre e desimpedida. Claro que os tempos são outros e não me deitei às tantas, nem fui ao bar, nem à discoteca, mas paciência... O hotel estava igualzinho.... mas é engraçado como noutros tempos não davamos importância a certas coisas que agora damos ;-)

E por fim fomos para Tomar. Dificil, muito dificil estar com os dois meninos sózinha. Quatro dias pareceu-me uma eternidade. A Rita gostou de ir apanhar figos, de ir a pé para a festa e de dançar com o Tiago.
Só não comprou rifas porque tivemos de vir embora. Fica para o ano ;-)

O Ricardo ADOROU a piscina, o jacuzi só para ele e o barco dos piratas que até esguichava águas pelos canhões :-)

E vieram com um bronze lindo os meus pirralhos :-)

E se me perguntarem se eu tive de férias, eu respondo, não, as férias que tive foi um dia (no sábado quando regressei) que deixei os meninos com o papá e saí de casa ao meio dia e só voltei às 20h da noite. Sim, isso foram as minhas férias, beber uns gins tónicos na marina de Oeiras, com uma excelente companhia e na conversa sem ser interrompida por gritos, choros, birras, quedas, etc...

E agora para o ano há mais... e como e esperança é a ultima a morrer, espero que sejam menos atribuladas, com menos birras e como o Ricardo já tem mais um ano, talvez nos dê um minuto de descanso :-)

Sem comentários: